Vetos ao Código Florestal são um desrespeito ao Congresso, diz Moreira Mendes

Deputado Moreira Mendes (PSD-RO) - Foto: Heleno Rezende

O deputado federal Moreira Mendes (PSD-RO) lamentou os nove vetos da presidente Dilma Rousseff ao Código Florestal e disse que foi um desrespeito ao Congresso. Segundo o parlamentar, toda a negociação e votação da matéria na Comissão Mista e nos Plenários da Câmara e do Senado foram previamente acertadas com a base do governo.

“O veto de um assunto já discutido por três vezes no Congresso Nacional significa um desrespeito aos parlamentares, foi um deboche do Executivo em não respeitar o Congresso. Talvez a presidente esteja querendo fazer do Brasil uma Venezuela, mas aqui é diferente, temos instituições sólidas e está aí o STF dando resposta a isso, por exemplo. É preciso respeitar os acordos, ou a decisão dos deputados e senadores não vale mais nada? Então vamos fechar o Congresso e voltar à época da ditadura.”, questionou um indignado Moreira Mendes.

Um dos principais articuladores pela aprovação do Código Florestal, Moreira Mendes explica que os argumentos para o embasamento dos vetos é uma falácia, segundo ele não existe incentivo a desmatamentos nem anistia. “É uma mentira não da presidente, mas de quem está analisando o Código Florestal e orientou Dilma nesse sentido”, explicou.

O parlamentar disse, também, que esse é mais descompromisso do governo federal com o setor mais importante para economia brasileira, a agricultura e pecuária. Para Moreira é preciso tomar as providências para evitar esse descaso com os produtores. “Está na hora do Congresso Nacional tomar posicionamentos fortes contra esses abusos, vamos obstruir os trabalhos do Congresso até que possamos resolver a situação” declarou o parlamentar demonstrando revolta e preocupação por conta do “desacerto” entre os Poderes.

Falando desse importante setor, que ele representa, Moreira lembrou que o agronegócio é responsável por 40% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “Fico estarrecido com mais um descaso do governo federal com o setor produtivo que alavanca o PIB e impulsiona a economia brasileira. Se os números de nossa economia, em certos momentos, não foram piores, o Brasil deve isso ao agronegócio. E quando a nossa economia deslancha, o Brasil deve grande parte desse sucesso, também, ao agronegócio.  E é dessa maneira que o governo federal reconhece a importância desse setor?”, criticou.

Luciana Andrade
Assessora de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *