Relator do Orçamento e FPA conversam sobre prioridades do agro

O Relator geral do Orçamento da União 2020, deputado Domingos Neto (CE), foi recebido na tarde desta terça-feira (3) por deputados e senadores que integram a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). O encontro na sede da frente abordou temas essenciais para o país como a garantia de recursos no orçamento para a implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR), a aplicação do desmatamento ilegal zero e os cortes já previstos pelo Governo Federal que devem ser discutidos no Congresso.

Domingos Neto (CE) durante reunião da FPA. Foto: divulgação.

“Fiz questão de me reunir primeiro com o agro, que é um setor importantíssimo para a nossa Nação. Temos de entregar um relatório analítico e que possa reduzir as despesas obrigatórias. Só assim teremos condições de fazer os cortes e remanejar para áreas consideradas mais importantes”, argumentou o parlamentar.

A previsão é que ao menos sete pastas do governo federal não sofram cortes. O desafio é manter os repasses para áreas consideradas essenciais. A educação, que antes tinha previsão de receber R$ 16 bilhões para 2020, na proposta do governo, pode fechar com pelo menos R$ 21 bilhões, no orçamento de 2020.

Para o relator, o momento é de analisar as propostas e acatar sugestões dos parlamentares que contribuam com o cenário econômico do Brasil. “Vamos avaliar todos apontamentos feitos na comissão. É claro que nunca haverá dinheiro sobrando e é por isso que temos que ter serenidade e responsabilidade para que os setores essenciais sejam atendidos de forma satisfatória.”

Também participaram da reunião na FPA os deputados Hugo Leal (RJ) e Darci de Matos (SC), e o senador pessedista Irajá Abreu (TO).

Renan Bortoletto

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *