Relator do Orçamento, Domingos Neto explica o financiamento público eleitoral

“Ao longo deste ano, recebi centenas de pessoas com demandas diversas para construirmos o orçamento. No final, conseguimos uma suplementação que vai garantir atender demandas muito importantes de vários segmentos da sociedade. Entre elas, recursos para as nossas universidades e educação básica que tanto sofreram com cortes neste ano, para a segurança com a #PRF e PF, para a agricultura familiar e a pesquisa. A saúde, claro, está atendida, além de uma importante obrigação social: o bolsa família.

A partir do pedido de 13 partidos políticos que subscreveram o texto foram destinados recursos ao fundo eleitoral que vai garantir as eleições nos 5.568 municípios do ano que vem, a maior eleição desse novo sistema. Repito: é um texto coletivo. Em uma democracia, nada é por decisão individual. Ainda bem! E é por isso que ainda teremos três rodadas de votações, começando por hoje.

É preciso lembrar também que foi democraticamente que adotou-se o sistema público, impedindo o financiamento de empresas privadas para campanhas eleitorais. Hoje, o fundo eleitoral é responsável por um Congresso mais diverso, com representantes indígenas, pessoas com deficiência, professoras e jovens que vieram de periferias e interiores do país.

É por causa desse novo sistema que teremos mais mulheres prefeitas e vereadoras. Sem ele, elegeríamos somente pessoas que têm muito dinheiro para financiar campanhas. Será que é por isso que só poucos políticos muito ricos argumentam ser contra?

É por causa do financiamento público que todos têm oportunidade de serem avaliados pela sociedade. E fizemos isso sem ter mexido nos investimentos pros setores que a sociedade mais precisa, como saúde, educação, segurança, saneamento, cidadania, infraestrutura, agricultura familiar e outras áreas estão que continuam contempladas. E este é um compromisso não só meu. É um compromisso do Congresso Nacional Brasileiro.”

Domingos Neto
Deputado federal, relator do Orçamento 2020 e coordenador da Bancada Federal do Ceará

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *