Eliene Lima destaca aniversário do Instituto Federal de Educação

Da redação

Deputado federal já foi professor do instituto em Rondonópolis

O primeiro ano de funcionamento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em Rondonópolis, a terceira maior cidade do Estado, mereceu destaque do deputado federal Eliene Lima (PSD-MT), em discurso feito recentemente na Câmara.

Ele revelou: “Tive a oportunidade, com muito orgulho, de ser professor do Instituto Federal – aliás, dos 513 deputados em atividade, sou o único professor de Instituto Federal -, e de ter participado dessa comemoração”.

E reforçou: “Conheço de perto a importância da formação de técnicos, a responsabilidade e o papel do Instituto Federal, não só no Mato Grosso, mas no Brasil”.

Atualmente, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia oferece quatro cursos: Secretariado, Química, Alimentação e Informática.

Eliene Lima reconheceu que o Presidente Lula foi muito feliz, juntamente com o ex-ministro Fernando Haddad, ao fazer essa expansão extraordinária dos institutos no País.

“Tínhamos apenas 140 unidades autônomas no Brasil. Hoje, ultrapassamos 350 institutos federais e poderemos chegar a mais de 500 escolas até o final do ano de 2014”, acredita.

O parlamentar mato-grossense reconhece que a relação entre técnicos e formados em nível superior tem de ser de três para um. Hoje, há uma inversão nesse sentido.

O Instituto Federal, além de formar técnicos, forma também tecnólogos. Com a última remodelação, o instituto passou também à formação de professores e de engenheiros.

“Parabenizo todas as unidades do Instituto Federal do Mato Grosso, que serão 15 nos próximos dois anos. Ainda este ano será implantada uma unidade em Várzea Grande e Alta Floresta”.

Disse também não ter dúvida de que é esta a estratégia do Governo Federal, do MEC: levar cada vez mais institutos federais para as diversas regiões do País. “É para formar a sociedade, inclusive nas regiões mais distantes, preparando o desenvolvimento harmônico do Brasil”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *