Diego Andrade defende funcionamento de metrô até meia-noite em BH

Deputado Diego Andrade (MG) - Foto: Cláudio Araújo

Sensibilizado com as condições de transporte para jovens e estudantes de Belo Horizonte, o deputado Diego Andrade (MG), propôs uma mesa redonda para debater a possibilidade de ampliar o horário de funcionamento das 19 estações do metrô da cidade, de 23h para meia-noite. A solicitação do debate foi aprovada, por unanimidade, pela Comissão de Viação e Transporte (CVT), nesta quarta-feira (14).

“O metrô é utilizado por 34,4% de jovens, com idade entre 15 e 24 anos, e eles ressaltam que este meio de transporte agiliza e facilita suas rotinas. Os estudantes noturnos queixam-se por perderem o último horário do metrô, pois a aula acaba praticamente no mesmo horário do encerramento das atividades. Ao solicitar a realização dessa audiência pensamos também nos trabalhadores e na Lei Seca. É necessário criar uma alternativa de transporte e acredito que o metrô é uma delas”, defendeu o parlamentar.

O deputado sugeriu para participar do debate representantes da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), da Câmara Municipal de Belo Horizonte, e demais órgãos competentes.

A audiência ainda não tem data agendada.

Carola Ribeiro

Assuntos:

1 Comentário

  1. Cristiane

    Não vejo qual a relação entre o horário de funcionamento do metrô de BH e a Lei seca. No metrô é proibida a entrada de usuário com sintomas de embriaguez!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *