Trabalho de Junji beneficia filantrópicas

O governo estadual autorizou a liberação de R$ 90 mil para duas entidades de assistência social, elevando para R$ 1,090 milhão o total dos repasses autorizados às filantrópicas de nove cidades do Alto Tietê e Vale do Paraíba.  O benefício resulta do atendimento às indicações de autoria do deputado federal Junji Abe (PSD-SP). Ao todo, serão contempladas 19 instituições que funcionam em Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Arujá, Suzano, Biritiba Mirim, Bertioga, Caçapava e Potim.

De acordo com Junji, as mais novas beneficiadas são o Reino da Garotada de Poá e a Vila Vicentina de Caçapava. Dirigida à assistência à criança e ao adolescente, a primeira receberá R$ 50 mil. Já a outra entidade, com atendimento voltado à Terceira Idade, será contemplada com R$ 40 mil. Assim como ocorreu com as demais instituições, os recursos virão da  Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social para aquisições de veículos, equipamentos e mobiliários, de acordo com as necessidades das organizações.

Antes de sua posse na Câmara Federal, Junji se mobilizou para beneficiar as instituições. No início do ano passado, ele se reuniu com dirigentes das organizações que prestam atendimento a crianças e adolescentes, aos portadores de necessidades especiais, à Terceira Idade, moradores de rua, famílias carentes e a pacientes com diagnóstico de câncer, doenças neurológicas, esclerose múltipla e portadores do HIV, entre outros segmentos sociais.

Elogiando a sensibilidade do governador Geraldo Alckmin (PSDB) para seus pedidos, Junji observou que as instituições precisam de mais recursos para atender o grande número de pessoas que procuram ajuda. Porém, observou ele, as limitações orçamentárias do Estado não permitem repasses à altura das necessidades. “Todas contribuem para diminuir as desigualdades e amenizar as carências do poder público em variados setores”, assinalou, ao lembrar que “as entidades prestam indispensáveis serviços à sociedade”.

Das verbas autorizadas pelo Estado, R$ 250 mil contemplam quatro Apae’s – Associações de País e Amigos dos Excepcionais. A unidade mogiana receberá R$ 100 mil para compra de um micro-ônibus e de equipamentos destinados a serviços especializados no tratamento de portadores de necessidades especiais.

Em Arujá, Poá e Bertioga, estão as outras Apae’s beneficiadas com R$ 50 mil, cada uma. A primeira utilizará os recursos para adquirir a aparelhagem necessária à instalação de uma oficina de costura. Já a unidade poaense empregará a verba na compra de mobiliários e equipamentos para melhorar os serviços prestados aos excepcionais.

O processo de repasse está adiantado, como informou o deputado. Boa parte das entidades já formalizou convênio com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, etapa que antecede o depósito dos valores. Outras tiveram acesso à verba e estão adquirindo os bens. Algumas até já colocaram os equipamentos em operação. É o caso da Apae de Bertioga que comprou  13 computadores, uma máquina para xerocópias e mobiliário para o refeitório – oito mesas e 32 cadeiras, além de dois equipamentos destinados a gerar renda para a instituição.

Outras seis organizações mogianas receberão aporte financeiro que totaliza R$ 350 mil. O Tradef – Trabalho de Apoio ao Deficiente será beneficiado com recursos para compra de veículo. Voltado ao atendimento da Terceira Idade, o Instituto Pró+Vida São Sebastião pretende adquirir automóvel e mobiliário. Igual destino terá a verba a ser repassada para a Associação Manuel Maria Estância Renascer que também atende idosos. O Núcleo Aprendiz do Futuro investirá a verba na compra de equipamentos e móveis.

O Gatem – Associação Alto Tietê de Portadores de Doenças Neurológicas, Autoimunes e Esclerose Múltipla pretende dotar suas instalações com mobiliário e equipamento para tratamento fisioterápico de pessoas com esclerose múltipla. A  unidade mogiana do Cecam – Centro de Convivência e Apoio ao Paciente com Câncer terá recursos para garantir o transporte dos assistidos e agilizar os serviços administrativos, com a aquisição de um carro.

Em Suzano, ficam o Instituto Beneficente Viva a Vida, que empregará R$ 50 mil na compra de equipamentos destinados ao atendimento de pessoas carentes, portadoras de HIV e seus familiares, e a Casa de Repouso de Suzano Ipelândia. Esta última receberá igual quantia para aquisição de aparelhagem e mobiliário.

Cada uma das entidades beneficiadas em Ferraz de Vasconcelos receberá R$ 50 mil. O Serviço Promocional Nossa Senhora Aparecida empregará os recursos para equipar melhor os Centros de Juventude e de Educação Infantil, enquanto a Betel – Obra Filantrópica e Missionária de Assistência Social comprará um veículo para transporte de moradores de rua.

A poaense Sociedade de Amparo ao Menor Paulo de Tarso contará com o repasse de R$ 50 mil para adquirir veículo e equipamento para cozinha. A unidade assistencial da Sociedade São Vicente de Paulo, localizada em Biritiba Mirim, receberá igual valor para investir em infraestrutura para o transporte e aparelhagem.

No município de Potim, Vale do Paraíba, funciona a ONG – Organização Não Governamental Orienta Vida que capacita mulheres para o desenvolvimento de bordados e peças de artesanato com o objetivo de garantir a elas uma fonte de geração de renda. A entidade será contemplada com repasse de R$ 100 mil para aquisição de equipamentos.

Mel Tominaga
Assessora de imprensa do dep. Junji Abe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *