Stephanes defende política para produção nacional de insumos agrícolas

O deputado federal e ex-ministro da Agricultura Reinhold Stephanes (PSD-PR) voltou a defender a necessidade de um plano nacional de fertilizantes para minimizar a dependência do produto importado, que se transformou em um grande gargalo para a renda do produtor e a competitividade brasileira na agricultura. A defesa foi feita durante o Fórum Soja Brasil de Londrina (PR), na quinta-feira (18), que teve como tema central “Uma política para insumos agrícolas”.

“Somos hoje o país com maior dependência do mundo entre os grandes produtores, importando 70% dos fertilizantes. Isso significa que esses insumos têm grande influência nos custos da nossa produção e o país precisa buscar formas de reduzir essa dependência internacional, principalmente se considerarmos que em 20 anos, produziremos o dobro do registrado atualmente”, afirma.

Para Stephanes, o Brasil tem condições de se tornar autossuficiente na produção de fertilizantes. O deputado lembra que durante sua passagem pelo Ministério da Agricultura (2007-2010), chegou-se a formular um plano que acabou saindo de pauta em governos posteriores.

“Ao final de três anos de pesquisa, nosso grupo concluiu que o Brasil detém a terceira maior jazida de potássio do mundo na Amazônia e que precisaríamos de um marco regulatório para a exploração dessas jazidas para o interesse da agricultura. Chegamos a ter documentos prontos para discutir com o governo, mas com a mudança de ministros o assunto saiu de pauta e não voltou a ser discutido”, explicou Stephanes.

O deputado ressaltou ainda que o governo precisa olhar mais para o campo e reconhecer a agricultura como ponto estratégico para o crescimento do país. “A mentalidade dos nossos dirigentes é muito urbana e falta ao governo, organizar uma agenda pública para contemplar as necessidades e contribuir para que o país possa assumir o papel destinado a ele nos próximos anos de maior exportador do mundo”, conclui.

O Fórum Soja Brasil faz parte do Projeto Soja Brasil, uma consultoria agronômica diária sobre a safra 2012/2013 que acompanha o ciclo do grão desde o planejamento do plantio até a colheita.  Além da consultoria, o projeto inclui a realização de fóruns em municípios de destaque na produção do grão no Brasil, para discutir temas de relevância para os produtores rurais.

Raquel Sacheto
Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *