Em parceria com a Câmara, Francisco Jr vai realizar Seminário Cidades Inteligentes

O Seminário Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis foi idealizado pelo deputado Francisco Junior (GO), que é relator da Subcomissão de Cidades Inteligentes vinculada à Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU). O evento tem apoio do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (CEDES) e será realizado na próxima terça-feira, (08/10), no Auditório Freitas Nobre.

O Seminário terá como tema central a aplicação de tecnologia no enfrentamento dos desafios urbanos: experiências práticas. Um estudo com esse enfoque foi proposto pelo deputadoFrancisco Jr e está sendo desenvolvido pelo CEDES e a CDU em parceria com o deputado Haroldo Cathedral (RR) e outros sete parlamentares.

O estudo é motivado pela relevância do tema, que traz diversos novos conceitos e instrumentos capazes de gerar inovação e melhorias para cidades e cidadãos brasileiros. Seus objetivos envolvem a coleta de informações com a maior variedade possível de atores e especialistas, a fim de aprofundar o conhecimento do tema no Brasil, identificar as problemáticas existentes e elaborar propostas de soluções.

CEDES

O Centro de Estudos e Debates Estratégicos é um órgão técnico-consultivo, vinculado à Presidência da Câmara dos Deputados, composto por 23 parlamentares, os quais têm a atribuição de propor uma agenda de atividades e conduzir estudos estratégicos para o Brasil, desenvolvidos com o apoio da Consultoria Legislativa. O trabalho do Colegiado é dedicado à análise, discussão e prospecção de temas de caráter inovador ou com potencial de transformar as realidades econômicas, política e social do nosso país.

PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO NA CÂMARA

Painel 1 – Uso de tecnologias inteligentes e sensitivas.

Este painel tem como foco o uso de tecnologia em cidades inteligentes

Painel 2 – Sociedade inovadora e altamente qualificada.

Este painel trata da educação e capacitação dos munícipes, da formação para as mudanças de paradigma que estamos vivendo, tanto do ponto de vista da formação dos alunos quanto da formação dos professores. Ressaltamos aqui as dificuldades que as empresas da economia digital enfrentam para a contratação de mão-de-obra qualificada, como faltam profissionais e cursos e a realidade do analfabetismo funcional. Nesse eixo abordaremos as necessidades e desafios de se educar nossa sociedade para as mudanças econômicas, sociais e na organização do trabalho.

Painel 3 – Governança mediada por tecnologia e participação cidadã.

Este painel trata dos potenciais benefícios e riscos que a governança digital possui na construção de cidades inteligentes. Algumas questões de grande interesse são:
• Como a governança digital tende a modificar as formas de funcionamento e estrutura dos governos e transformar a forma de relacionamento entre governos e sociedade;
• Como a governança digital pode contribuir na construção de ambientes favoráveis à inovação e à implementação de novos modelos de negócios;
• Benchmarks nacionais e internacionais em projetos de governança digital.

Painel 4 – Sustentabilidade ambiental, econômica e financeira.

Neste Painel pretende-se discutir formas de dar perenidade aos projetos e orçamentos, assim como o desenvolvimento de soluções que estejam em equilíbrio com o meio ambiente e busquem diminuir o uso de recursos naturais.

INSCREVA-SE AQUI

Assessoria de comunicação do deputado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *