Reunião emergencial vai debater liberação de vacinas da Covid-19 e apagão no Amapá

Francisco Jr e parlamentares farão reunião emergencial para debater liberação de vacina e apagão no Amapá, que agravou casos de Covid-19 na região

Parlamentares membros da comissão mista que fiscaliza as ações de governo no combate à Covid-19, se reuniram nesta quarta-feira (11), para votar os requerimentos que pediam audiência pública emergencial. O relator do colegiado, deputado Francisco Jr (GO), vai ouvir na próxima sexta-feira (13), representantes da Anvisa e do Instituto Butantan sobre as pesquisas e testes clínicos das vacinas. O Governo FEderal  suspendeu os testes após a notificação de um “evento adverso grave não esperado”, quando um voluntário que participava do estudo faleceu.

Francisco Jr mostrou preocupação com a transparência dos fatos ocorridos e disse que pretende apresentar medidas efetivas que diminuam os prejuízos causados pela Covid. “Nesta comissão a gente tem buscado transparência para o que acontece, mas o que nos falta agora é objetivar as ações necessárias para mitigar os prejuízos para a sociedade brasileira e conseguir reduzir os gargalos da pandemia. O relatório final já caminha para isto”, enfatizou.

Amapá

Além disso, deputados e senadores também vão ouvir a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre os impactos do apagão no Amapá, que causou o agravamento no atendimento de pacientes infectados com a Covid-19. “Espero que a gente possa contribuir para após os debates que vamos fazer na sexta-feira, apontarmos as advertências necessárias para que isso não se repita, porque o grau de sofrimento da população brasileira está no limite”, disse Francisco Jr.

A Comissão Mista encerrará os trabalhos em dezembro deste ano, quando acaba a vigência do decreto de calamidade pública no país. Para o relator da comissão, o trabalho final será em breve concluído tendo como base os debates já realizados na comissão.

Para acompanhar as reuniões e ter acesso aos registros do colegiado, clique aqui.

Diane Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *