PSD completa um ano e Moreira Mendes destaca a importância da sigla no cenário político nacional

 

 

Um ano depois de criado, o PSD já é a quarta maior bancada de deputados na Câmara, com 48 parlamentares. O partido poderia ter a terceira maior bancada – atrás apenas do PT, PMDB e PSDB –  se oito deputados não tivessem pedido licença para exercer cargos nos estados. Criado em março de 2011, o registro do partido só foi definido pelo TSE em setembro e um ano depois tem, além dos deputados, dois senadores, os governadores de Santa Catarina e Amazonas, seis vice-governadores, dezenas de deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

O presidente do PSD, Gilberto Kassab disse que a nova legenda surgiu para ocupar um espaço vazio no cenário político brasileiro. “Agora, o eleitor tem a opção de um partido de centro que não está preso a ideologias, a dogmas que tiveram importância no passado, mas hoje estão defasados. Para os brasileiros de hoje, é mais importante ter representantes atentos ao que realmente traz desenvolvimento econômico e social e não ao que se encaixa neste ou naquele conceito ideológico. Por isso, acredito firmemente que nosso partido está dando uma grande contribuição à democracia, dando voz a uma parcela significativa do eleitorado”, asseverou.

Para o líder do partido, na Câmara dos Deputados, Guilherme Campos (SP), o PSD se configurou como uma grande alternativa a essa dualidade de partidos brasileiros e se propõe mudar o cenário da política do País. “O PSD nasceu forte, consistente e presente no Brasil inteiro, por isso, pode mudar o cenário político em muitas situações”, lembrou o parlamentar.

 

 

 

 

Trabalho de Moreira Mendes é destacado por lideranças nacionais da legenda

Segundo Kassab, o partido vem cumprindo o papel a que se propôs na sua criação e tem se consolidado de uma maneira muito forte nesse novo cenário político e destacou, também, a importância do trabalho do deputado Moreira Mendes. “A expressão que nosso partido assumiu na Câmara dos Deputados é uma evidência de que estamos no caminho certo e Moreira Mendes é, sem dúvida, um dos grandes quadros do nosso partido. Seu trabalho parlamentar é exemplar e merecedor de todos os elogios. Sua atuação dignifica nosso partido e traz contribuição essencial para o desenvolvimento do Brasil”, ressaltou.

A vice-presidente do PSD, senadora Kátia Abreu (TO), que preside também a Confederação da Agricultura e Pecuária no Brasil (CNA) disse sentir orgulho pelo trabalho que o deputado vem desenvolvendo principalmente em defesa dos produtores rurais. “Moreira Mendes teve uma importância fundamental na votação do Código Florestal. Sentimos orgulho pelo trabalho que ele desempenha como parlamentar, por sua força, dedicação, seriedade e lealdade ao defender os interesses dos produtores rurais, em especial os de Rondônia. O desempenho dele é digno de ser notado por todos os colegas, por isso, parabenizo a todos os rondonienses pela escolha do deputado, que representa tão bem o estado no Congresso Nacional”, elogiou.

O líder ressaltou, também, o trabalho do parlamentar, na formação desse novo partido. “O deputado Moreira Mendes sempre teve uma participação importante no Congresso Nacional, foi ex-senador, está no segundo mandato de deputado, foi presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), uma das mais importantes, no Parlamento. E com seu talento, trabalho e determinação engrandece ainda mais o partido, principalmente no setor do agronegócio”, destacou Guilherme Campos.

Moreira Mendes, vice-líder do partido na Câmara dos Deputados e Presidente do Diretório Regional do PSD, acredita que a legenda trouxe novas propostas e vem fazendo a diferença com uma ação programática muita intensa e afinada com os interesses do País, e traz esperanças para a população. “Há um descrédito generalizado com a classe política nacional, e o PSD parece que faz renascer a esperança da população, em acreditar que o partido político é algo indispensável para a democracia. É o que a gente observa na nossa luta e atuação política do estado – no meu estado – e fora dele. Esse é o meu pensamento, e acho que estamos no caminho certo”, destacou.

O parlamentar disse ainda que o partido tem adotado uma posição de equilíbrio sem estar alinhado diretamente com o governo, tendo autonomia em suas decisões. “Temos a responsabilidade de votar certo, na hora certa, com as indicações e propostas de interesse do governo, mas também tendo a autonomia, o discernimento e o equilíbrio de votar contra o governo nos momentos em que as propostas não são condizentes com os interesses nacional. Então, é um partido que tem mostrado principalmente independência na sua postura, priorizando os interesses nacionais”, argumentou.

Para o parlamentar, a ideia de ter participado ativamente da fundação de um partido, que se mostra comprometido acima de tudo com os interesses do País, surgiu pelo anseio da população por mudanças a partir da política e na constante busca de dias melhores para o Brasil.

“Sou muito grato e me sinto honrado de ter participado e assinado a ata de fundação desse partido, que mostra hoje ao Brasil que é possível acreditar na política. E nesse primeiro ano de existência tenho plena convicção de que sairemos vitoriosos nessas eleições e a nossa tendência é crescer cada vez mais fazendo a diferença como partido político, instrumento indispensável na construção e consolidação da democracia”, concluiu Moreira Mendes.

Luciana Andrade
Assessora de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *