Presidente Dilma receberá prioridades da agenda sindical de 2012

Carolina Mourão

O ministro Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República, recebeu na manhã nesta quarta-feira (14), as principais centrais sindicais de trabalhadores do país para definir a agenda sindical de 2012 a ser tratada na tarde de hoje com a presidenta Dilma Rousseff, às 16h. O deputado Roberto Santiago (PSD-SP), vice-presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT) esteve presente: “Precisamos de um avanço concreto nessa mesa de negociações para termos um ano produtivo, para compensar os percalços políticos enfrentados em 2011 pelas centrais no Congresso Nacional. Arredondar as quatro principais urgências é fundamental para que a presidente Dilma sinalize positivamente”, disse.

Temas como o fim do Fator Previdenciário, a redução para 40 horas semanais da jornada de trabalho sem redução do salário, o marco legal das Terceirizações e as Convenções  151 (direito de greve dos sindicatos), 89 (trabalho noturno de mulheres na indústria) e 158 (que proíbe a demissão sem justa causa); assim como a retirada de pauta da PEC 369 (que viola a autonomia sindical) foram  algumas dos temas tratados na reunião. Na última segunda-feira (29/8), a presidenta Dilma Rousseff recebeu representantes das centrais sindicais de trabalhadores, que contou com a participação dos ministros Guido Mantega (Fazenda), Gleisi Hoffmann (Casa Civil), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gilberto Carvalho (Secretaria Geral), Os sindicalistas receberam relato do ministro Mantega sobre o cenário da economia mundial. Os sindicalistas também foram informados da decisão de aumento do superávit primário, que seria detalhado mais tarde pelo ministro Mantega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *