Presidente da FPA enfrenta Ministra de Meio Ambiente em debate do Agronegócio

Em meio ao clima ainda bastante tenso entre os agropecuaristas e os ambientalistas, com a expectativa de aprovar o novo Código Florestal, esta semana, o presidente da Frente Parlamentar o Agronegócio (FPA), deputado federal Homero Pereira (PSD-MT) irá enfretar a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, no debate sobre Políticas Públicas e Brasil Ofertante de Alimentos e Energia, que faz parte do 11° Congresso Brasileiro do Agronegócio. O evento será hoje, segunda-feira (06.08), em São Paulo.

Deputado Homero mostrará que o importante dessa discussão é buscar equilibrar as duas forças. Segundo ele, o Estado brasileiro sempre foi omisso com os dois setores  e tenta punir os agricultores por erros na gestão de seus recursos naturais e na administração de seu território.

Na apresentação, o presidente mostra que a falta de uma política pública consistente afeta o ritmo de desenvolvimento econômico, e, em consequência, o ganho social que o país poderia promover.

Conforme o parlamentar, a agricultura perde US$ 4,0 bilhões por ano; a indústria, R$ 17,0 bi/ano. Em números globais, são R$ 23,0 bi/ano que estão deixando de circular na economia nacional.

“Temos estradas e portos ruins;  desequilíbrio entre os modais; convivemos ainda com legislações tributária, trabalhista e ambiental descoladas da realidade do nosso país. Produzir com abundância, em padrão competitivo de preço e qualidade é um grande desafio no Brasil”, ponderou Homero Pereira.

O congresso, considerado um dos maiores e mais importantes no setor, é organizado pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag). O evento inicia às 8h, mas o painel no qual participam o deputado Homero e a ministra ocorre às 17h30, o último dos quatros que discutirão energia e alimento.

O ex-ministro de Agricultura, Roberto Rodrigues, será o  coordenador do debate entre Izabella e Homero. Além deles participam também o presidente da SLC Agrícolas, Arlindo Moura;  presidente da Guarani, Jacyr Costa; e o pesquisador da Universidade de São Paulo (USP), José Goldemberg.

Joana Dantas
Assessora de imprensa do dep. Homero Pereira 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *