Moreira Mendes pede mudanças nas taxas dos fundos constitucionais

Deputado Moreira Mendes (PSD-RO) - Foto: Renato Araújo

O deputado federal Moreira Mendes (PSD-RO) denuncia injustiças com os produtores rurais e empreendedores da região Norte, em razão das altas taxas de juros de financiamentos com Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO). O parlamentar disse que o FNO, Nordeste (FNE) e Centro-Oeste (FCO) foram criados para dinamizar e fortalecer os setores produtivos dessas regiões, com o objetivo de promover o desenvolvimento dos estados beneficiados com esses recursos. Segundo ele, os fundos constitucionais não estão cumprindo o seu papel, porque não mantêm um diferencial que auxilie os empresários e produtores a investirem nessas regiões.

Moreira Mendes lembra de que vários empresários em Rondônia, beneficiados com o FNO, estão com os recursos financeiros comprometidos devido às altas taxas de juros. Segundo ele, isso aumenta ainda mais as desigualdades econômicas e sociais, por isso, o parlamentar defende que os empreendedores possam renegociar suas dívidas com o governo federal.

“A modernização e diversificação de empreendimentos é fundamental para o desenvolvimento da nossa região. As empresas foram incentivadas a captar recursos através de financiamentos com taxas diferenciadas e compatíveis com suas necessidades, o que não está acontecendo. Por isso, é preciso que o governo incentive os empreendedores e baixe as taxas de juros de financiamento desses fundos, que hoje são de 5% a 8,5%. Os mutuários pagam tributos muito elevados, isso desestimula o crescimento dos setores produtivos”, ressaltou.

O parlamentar explicou que a Lei 7827/2009, que criou os fundos constitucionais tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico das regiões beneficiadas. Mas segundo o parlamentar está havendo um desrespeito com o empreendedor da região Norte, pois desde a aprovação da lei não foram adotadas medidas para solucionar o problema da inadimplência dos empresários em Rondônia.

“Os fundos foram criados para financiar a atividade produtiva dessas regiões, vale lembrar que o agronegócio é de extrema importância para a economia nacional. Precisamos investir na produção e no setor de serviços como uma ferramenta para combater a crise. Não podemos tolerar essa intransigência com estados carentes de investimentos, como é o caso de Rondônia“, defendeu Moreira Mendes.

O deputado solicita as autoridades do governo que atendam aos apelos dos pequenos, médios e grandes agricultores que desejam investir em Rondônia. “Nós da região Norte também temos o direito de alavancar a economia do nosso estado, mas para isso é preciso um maior investimento, com juros acessíveis”, explicou Moreira Mendes.

Luciana Andrade
Assessora de imprensa do dep. Moreira Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *