JB Online: Visita de comitiva russa facilita acordos internacionais, diz Eduardo Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, recebeu nesta terça-feira (10) a visita da presidente do Conselho Federal da Rússia (equivalente ao Senado Federal), Valentina Matvienko. Em junho, Cunha esteve com outros 13 deputados e com o presidente do Senado, Renan Calheiros, na capital da Rússia, Moscou, onde participou do Fórum Parlamentar do Brics, que contou também com delegações da Índia, da China e da África do Sul.

Segundo o presidente da Câmara, esses encontros servem para facilitar a aprovação pelos parlamentos de acordos internacionais entre os países. Ele avalia que a agenda dos dois países avançou com a instalação de uma agência russa de energia nuclear no Brasil e com a discussão de cooperação na agenda espacial.”Sabemos que a agenda de integração é efetuada pelos governos, pelo Executivo; porém, os Parlamentos precisam ter ações em conjunto para fazer com que os acordos ou as decisões políticas possam ter a aprovação dos parlamentares”, destacou Cunha.

O presidente da Câmara anunciou que pretende levar ao Plenário na próxima semana um acordo de cooperação firmado com a Rússia na área de defesa. O acordo, tema da Mensagem 248/15, foi assinado em dezembro de 2012, em Moscou, e está sendo analisado como o Projeto de Decreto Legislativo 205/15. O texto já foi aprovado pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

A visita

A senadora Valentina Matvienko foi recebida na Câmara pelo secretário de Relações Internacionais da Casa, deputado Átila Lins (PSD-AM), que também comentou a aproximação dos parlamentos dos dois países.

“A visita pretende desenvolver a diplomacia parlamentar. O objetivo é manter contato e estreitar as relações, visando a cooperar para que os acordos firmados entre os governos sejam referendados pelos Parlamentos. Essa é a missão dela como presidente do Conselho da Federação, que é o Senado deles e representa as províncias”, explicou Lins.

A presidente do Conselho Federal da Rússia veio acompanhada do embaixador da Rússia no Brasil, Sergey Akopov. Matvienko nasceu na Ucrânia e começou a carreira política em Leningrado – hoje São Petesburgo -, cidade que governou de 2003 a 2011.

A senadora desenvolveu diversos projetos de infraestrutura na cidade, como a construção do anel rodoviário e da barragem de São Petesburgo, colocando fim a uma série de enchentes na região.Aliada política do presidente Vladimir Putin, Matvienko é integrante do partido Rússia Unida.

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *