Irajá Abreu encaminha ao ministro da Agricultura solicitação de recursos e liberação de algodão transgênico

O deputado federal Irajá Abreu (PSD-TO), em audiência com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, encaminhou ofícios solicitando R$ 1,2 milhões em recursos para aquisição de calcário, destinados a 12 municípios tocantinenses, e a retirada do Estado do Tocantins da zona de exclusão de algodoeiros transgênicos.

A ação de destinação de calcário aos municípios é desenvolvida pelo Ministério da Agricultura com o objetivo de oferecer condições para a produção e a comercialização dos produtos da agricultura familiar. O calcário é utilizado para corrigir deficiências nutricionais e a acidez do solo.

“A distribuição de calcário é uma ação importante tem como objetivo facilitar o acesso ao uso desse insumo como recurso tecnológico para promover a produção de alimentos”, explica Irajá Abreu.

O deputado federal Irajá Abreu também solicitou ao ministro Mendes Ribeiro Filho a alteração da Portaria nº 437 de 21 de outubro de 2005, editada pelo órgão. De acordo com o deputado, na portaria o Tocantins foi incluído na zona de exclusão para a produção de algodão transgênico, o que vem prejudicando a atividade no Estado.

“Encaminhei a solicitação para a alteração da portaria para permitir que o Tocantins possa produzir algodão transgênico. A retirada do nosso Estado da zona de exclusão de produção de algodão transgênico é uma reivindicação dos produtores. A medida está prejudicando de forma incisiva a economia, o setor produtivo do Estado e o agronegócio brasileiro”, disse Irajá Abreu.

Cláudia Peixoto
Assessora de imprensa do dep. Irajá Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *