eBand: RS: Veja quais deputados apoiam o impeachment

Caso a maioria opte pela saída de Dilma, o resultado segue para votação no Senado
Daiane Vivatti dpomatti@band.com.br

O deputado federal Carlos Gomes, do PRB, divulgou que vai votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na semana passada ele não havia aberto o voto em um levantamento realizado pelo Grupo Bandeirantes.Com a definição, dos 31 deputados que compõe a bancada gaúcha no Congresso Nacional, 21 querem a saída da presidente, oito são contrários ao impeachment e dois não disseram como vão votar.Por ordem alfabética dos partidos, querem o afastamento de Dilma os deputados: Onyx Lorenzoni (Democratas); Alceu Moreira, Darcísio Perondi, José Fogaça, Mauro Pereira e Osmar Terra (PMDB); Afonso Hamm, Covatti Filho, Jerônimo Goergen, José Otávio Germano, Luis Carlos Heinze e Renato Molling (PP); Carlos Gomes (PRB), Heitor Schuch e José Stédile (PSB); Danrlei de Deus (PSD); Nelson Marchezan Junior (PSDB); Luiz Carlos Busato, Ronaldo Nogueira e Sérgio Moraes (PTB); e o deputado João Derly (Rede).Em defesa da presidente Dilma estão os deputados da bancada gaúcha do PT na Câmara Federal: Bohn Gass, Henrique Fontana, Marco Maia, Marcon, Mária Do Rosário, Paulo Pimenta e Pepe Vargas; e o deputado Afonso Motta (PDT).Já os deputados Giovani Cherini e Pompeo de Mattos (PDT) não disseram se vão votar a favor ou contra a permanência de Dilma na presidência. Conforme a legislação brasileira, para a abertura do processo de impeachment na Câmara Federal são necessários 342 votos, o que corresponde a dois terços dos 513 deputados que compõe o plenário.Caso a maioria opte pela saída de Dilma, o resultado segue para votação no Senado.

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *