Comissão de Seguridade aprova piso nacional dos nutricionistas

Deputado Dr. Paulo César - PSD/RJ (Foto: Heleno Rezende)

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (23), por unanimidade, o relatório do deputado federal Dr.Paulo César (PSD-RJ) ao Projeto de Lei 5.439/2009 que cria o piso salarial do nutricionista.

A proposição, além de estabelecer o piso salarial de R$ 4.650, 00 para os nutricionistas, ainda altera a Lei 8.856, de 1º de março de 1994, que regulamenta a profissão desse profissional.

“Considera-se que, ao se estabelecer um piso salarial adequado, estaremos oferecendo uma grande contribuição ao bom desempenho dos nutricionistas”.

Na ótica do parlamentar do Rio de Janeiro, “a profissão nutricionista a cada tempo ganha mais importância no cenário da saúde mundial e do nosso País, devido ao grande problema de saúde que o Brasil começa a enfrentar que é a obesidade, na criança como no adolescente e no adulto.

Hoje nós temos 195 milhões de brasileiros e estamos chegando perto dos 60 milhões de brasileiros que estão com sobrepeso, isto é, que estão obesos, acima do peso.

E isso é motivo de preocupação para a saúde pública, não somente pela saúde do brasileiro, mas, sobretudo, o que decorre da obesidade, tais como a pressão alta, diabetes, pessoas que sofrem infartos e ACV, que são os derrames”.

Outro motivo de preocupação do parlamentar é que, com todas as doenças resultantes da obesidade, “proporciona o abandono dessas pessoas do mercado de trabalho. Elas recorrem à Previdência, sobrecarregando a já sobrecarregada previdência brasileira”, concluiu.

Da Redação

Ouça a matéria:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

1 Comentário

  1. renato rodrigo

    Bom dia, sou nutricionista do rj e gostaria de saber qual o proximo passo ! O que deverá ser feito agora?
    Att

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *