Carlos Souza exalta discussão de orçamento com ministra Miriam Belchior

O deputado Carlos Souza (PSD-AM) elogiou a participação da ministra do planejamento Miriam Belchior em audiência pública realizada na Câmara dos Deputados. O parlamentar amazonense, preocupado com o crescimento do país e de seu Estado, achou válida a discussão, com a ministra e com a população, sobre o projeto de lei do orçamento para 2013 (PLN 24/12).

“No meu entendimento a presença da ministra aqui é muito importante para poder explicitar de forma aberta a discussão de como está sendo distribuído o orçamento da união. Fiquei muito feliz em ver a distribuição de forma transparente e o crescimento que vamos ter agora”, ressaltou Carlos Souza, que mesmo não sendo parte da Comissão Mista de Orçamento (CMO), onde ocorreu o debate, achou extremamente válida sua presença.

A proposta orçamentária de 2013, enviada pela ministra ao congresso, totaliza R$ 2,140 trilhões. Segundo Miriam Belchior, deste valor, 88,4% será destinado para despesas obrigatórias, enquanto os outros 11,6% (R$ 249,4 bilhões) serão divididos em investimentos discricionários em setores como Saúde, Educação, nos Programas de Aceleração do Crescimento (PAC) e na Defesa Nacional.

“Veja você que o investimento na educação em 2007 era de 28 bilhões, investimento que hoje passa de 60 bilhões. Isso para nós parlamentares e para o povo brasileiro significa que estamos indo no caminho certo. A tendência é o brasil ser cada vez mais emergente que os outros”, exaltou Souza.

Fica ainda definido o salário mínimo de R$ 670,95, valor 7,9% maior que o atual. Além de um crescimento de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

“Se me perguntar se 670 reais é o suficiente para o pai brasileiro, claro que não é. Mas entendo que através desse planejamento, do crescimento, a tendência é remunerar muito o trabalhador brasileiro”, afirmou o parlamentar.

Apesar de tudo, Carlos Souza demonstrou preocupação com os investimentos previstos para os grandes eventos que o Brasil sediará a partir de 2014. Dos 1,913 bilhões destinados para estes acontecimentos, cerca de 100 milhões de reais serão destinados diretamente ao esporte.

“Todos estamos temerosos em relações aos jogos olímpicos e a copa do mundo. Os investimentos estão sendo feitos, mas não estão tendo a aceleração devida. Não sei ainda se é o suficiente, tenho dúvidas”, questionou.

A PLN deve ser votada pelo congresso até o dia 22 de dezembro, antes disse é necessário sua aprovação pela CMO até o dia 19 do mesmo mês.

Da Redação

Ouça a matéria:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

[Baixar arquivo de áudio]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *