Artigos

Junji Abe: malucos do volante


Mogi das Cruzes, na Grande são Paulo, foi palco de uma tragédia em setembro passado. Dois carros transitavam em alta velocidade e um deles, desgovernado, invadiu área descampada onde estava um grupo de jovens. Seis garotos morreram e oito pessoas ficaram feridas. Na época, testemunhas disseram que os veículos disputavam um racha. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Eduardo Sciarra: menos burocracia, mais liberdade às MPE’s


Toda a papelada, prazos, carimbos, taxas, documentos, assinaturas e périplo por repartições públicas podem virar coisas do passado para os micro e pequenos empresários e microempreendedores individuais do país se derem certo os planos do ministro Guilherme Afif, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Ele também quer a universalização do enquadramento ao Simples Nacional para todas as categorias profissionais, e não mais apenas para aquelas definidas em Lei. O arcabouço legal para que estas e outras medidas inovadoras e estruturantes para o mercado entrem em vigor está em tramitação na Câmara dos Deputados por meio do Projeto de Lei Complementar 237/13, da qual sou co-autor, que atualiza a Lei... Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: atenção aos obesos


No Brasil, há mais de três milhões de obesos mórbidos, com profundos e graves transtornos metabólicos. Do final de 2011 para cá, muitos morreram. Outros estão nas mãos de contrabandistas para ter acesso aos medicamentos que tiveram produção e venda, sob prescrição médica, proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: sim, nós temos bananas!


Não existe uma única cidade brasileira sem plantação de banana. Se a família tem um pedaço de chão, lá está a bananeira. Ao todo, são 550 mil hectares de área plantada e produção anual de 6,97 milhões de toneladas, que fazem do Brasil o quarto maior produtor do mundo. Os mais de 500 mil bananicultores garantem o abastecimento do mercado interno e ainda exportam. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Walter Ihoshi: o caro sofre reajuste


O remédio que já é caro no Brasil ficou mais caro ainda a partir dessa segunda-feira, 31 de março. A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, autorizou reajuste de até 5,68% nos preços de mais de nove mil remédios. Mais uma vez, o brasileiro terá de apertar o cinto para poder custear um tratamento, sobretudo, os idosos e as famílias mais humildes. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: benefícios justos


Das muitas distorções que ainda maculam o sistema previdenciário nacional, pinço uma que agride violentamente os trabalhadores da iniciativa privada aposentados por invalidez. A norma vigente não garante que eles recebam benefícios correspondentes ao que tinham na ativa, porque o salário-de-benefício, sobre o qual será aplicado os 100%, corresponde a uma média salarial. Ou seja, não será o rendimento integral.  Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: rumo à modernização


Uma sexta-feira de fúria mudou a rotina da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp). O protesto contra a cobrança de estacionamento terminou com veículos e prédios incendiados, depredações e confrontos entre seguranças e manifestantes. Cinco pessoas foram feridas, uma delas à bala. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: pela internet livre


Mais uma grande mobilização tomou conta da rede mundial de computadores. Foca a discussão, pelo Congresso Nacional, do Projeto de Lei 2.126/1, que trata do marco civil da internet. O que os manifestantes cobram – e com razão – é que a proposta seja votada de forma integral, preservando os conceitos de neutralidade da rede, liberdade de expressão e a privacidade do usuário brasileiro. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: não à barbárie


Na cobertura de um protesto no Rio de Janeiro, o cinegrafista Santiago Idílio Andrade foi atingido por um rojão e morreu. Não estava protestando, não estava assistindo, não estava tumultuando. Estava apenas trabalhando. Não bastasse o episódio que ceifou a vida de um jovem profissional, o caso teve desdobramentos que exigem criteriosa investigação.  Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: direito à casa própria


A pessoa trabalha a vida inteira e chega à Terceira Idade sem ter conseguido realizar o sonho da casa própria. Não é justo, assim como muitas outras situações neste País. Considerando os baixos proventos que o idoso recebe como aposentadoria ou pensão, a única chance que tem de obter sua tão desejada moradia é por meio do sistema público ou subsidiado. Ou melhor, seria. Na prática, acaba preterido por candidatos jovens e, portanto, com maior probabilidade de bancar as mensalidades do período de financiamento. Leia mais


Em | Nenhum comentário