Reátegui lança campanha de prevenção das Hepatites Virais

De acordo com o gabinete do Deputado Marcos Reátegui (AP), hoje (4), na Câmara dos Deputados, foram realizados 750 testes para Hepatite C e 420 vacinas. “O exame é rápido. Em dois minutos a pessoa fica sabendo se está infectada ou não. Os sintomas podem ser confundidos facilmente com um mal estar, então, é imprescindível que façamos campanhas como esta”, disse Reategui, presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate às Hepatites Virais e autor dessa ação.

Transmissão

Hepatite A – transmissão é fecal-oral, por contato entre indivíduos ou por meio de água ou alimentos contaminados pelo vírus

Hepatite B – está presente no sangue, no esperma e no leite materno. É considerada uma doença sexualmente transmissível. Pode ser passada também pelo compartilhamento de material de higiene pessoal (escova de dente, lâminas de barbear, etc) e pelo compartilhamento de agulhas.

Hepatite C – Transfusão de sangue, compartilhamento de material para uso de drogas, da mãe para o filho durante a gravidez e sexo sem camisinha.

Hepatites D, E e G – são as mais raras e são transmitidas pelo sangue.

Sintomas

Dor abdominal, tontura, cansaço generalizado, enjoo e/ou vômitos, perda de peso, pele e olhos amarelos, urina escura e fezes claras.

Prevenção

Fazer sexo seguro (com preservativo), não compartilhar seringas nem material de uso higiênico pessoal, grávidas precisam fazer os exames pré-natal, lavar as mãos antes de comer e depois de ir ao banheiro, higienizar verduras e legumes corretamente.

Dados

Fonte: Associação Brasileira dos Portadores de Hepatites Virais

 

Fonte: Assessoria da Liderança do PSD na Câmara com informações da Associação Brasileira dos Portadores de hepatites Virais

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *