Veja.com: Chapa oficial da comissão do impeachment é apresentada com 49 nomes

A presidente Dilma Rousseff(Ueslei Marcelino/Reuters)

A chapa oficial da comissão do impeachment foi apresentada nesta terça-feira com 49 nomes. Horas antes, a oposição e parlamentares que se classificam como ‘independentes’ protocolaram uma chapa paralela, composta por 39 deputados. Já a primeira é majoritariamente governista. Como a comissão tem de ter 65 nomes, os demais ainda precisarão ser eleitos.

Depois de uma manobra dos oposicionistas, que se rebelaram contra a possibilidade de serem escolhidos, dentro do PMDB, apenas integrantes alinhados ao Palácio do Planalto, a indicação e escolha da chapa com os 65 deputados que vão integrar a comissão especial foram adiadas da noite desta segunda-feira para esta terça.

O primeiro racha na composição da comissão especial que analisará o impeachment foi na bancada do PMDB. O líder Leonardo Picciani (RJ), defensor declarado de Dilma, sinalizou que não reservaria vagas para deputados pró-impeachment, deixando de lado peemedebistas que defendem a deposição da petista. Irritados, eles articularam agora a derrubada de Picciani da liderança do partido.

Concluída a eleição suplementar, a Câmara tem até 48 horas para instalar a comissão especial. Já na instalação, são eleitos presidente e relator do colegiado. A partir daí, a presidente Dilma tem até dez sessões para se manifestar. Então, em até cinco sessões, a comissão dá parecer para arquivar ou levar adiante o processo.

Confira a seguir os nomes dos integrantes da chapa:

Antônio Jácome (PMN)

Bacelar (PTN)

Celso Maldaner (PMDB)

Cristiane Brasil (PTB)

Daniel Vilela (PMDB)

Eduardo Bolsonaro (PSC)

Eduardo da Fonte (PP)

Iracema Portella (PP)

Jhonatan de Jesus (PRB)

João Arruda (PMDB)

José Priante (PMDB)

Junior Marreca (PMN)

Leonardo Picciani (PMDB)

Pedro Fernandes (PTB)

Pastor Marco Feliciano (PSC)

Roberto Britto (PP)

Rodrigo Pacheco (PMDB)

Vinícius Carvalho (PRB)

Washington Reis (PMDB)

Zeca Cavalcanti (PTB)

Aelton Freitas (PR)

Arlindo Chinaglia (PT)

Diego Andrade (PSD)

Givaldo Carimbão (PROS)

Henrique Fontana (PT)

Hugo Leal (PROS)

Irajá Abreu (PSD)

Jandira Feghali (PCdoB)

José Guimarães (PT)

Jose Mentor (PT)

Júlio César (PSD)

Lúcio Vale (PR)

Marcio Alvino (PR)

Maurício Quintella Lessa (PR)

Paulo Magalhães (PSD)

Paulo Teixeira (PT)

Sibá Machado (PT)

Vicente Cândido (PT)

Wadih Damous (PT)

Sarney Filho (PV)

Afonso Motta (PDT)

Dagoberto (PDT)

Ivan Valente (PSOL)

Uldurico Junior (PTC)

Silvio Costa (PTdoB)

Valtenir Pereira (PMB)

Alessandro Molon (Rede)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *