Sargento Fahur apoia projeto que proíbe embalagens de alumínio em presídios

Para impedir que as embalagens de alumínio que guardam alimentos sejam transformadas em armas letais dentro dos presídios, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) aprovou o Projeto de Lei PL 3684/19, com relatoria do deputado Sargento Fahur (PR).

Segundo Fahur, a proposição reforça as medidas de segurança das unidades penitenciárias. “Esse material de alumínio coloca em risco a segurança dos servidores e contribui para facilitar rebeliões. Tudo que pudermos fazer para diminuir os riscos dos profissionais da segurança, que ariscam a vida diariamente, merece meu apoio.”

O deputado lembrou que diariamente são retirados das mãos dos apenados objetos usados como armas tipo estoque, que são artesanais. “Trabalhei como cabo da guarda em presídios pequenos e até o osso da bisteca era proibido entrar no presídio porque eles faziam arma com esse objeto. Esse projeto merece meu apoio e é um aperfeiçoamento oportuno.”

O projeto agora segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Diane Lourenço

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *