Emenda de Muniz à LDO prevê recurso para combate à violência contra mulheres

Deputada Raquel Muniz (MG) - Foto: Cláudio Araújo

Deputada Raquel Muniz (MG) – Foto: Cláudio Araújo

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CMulher) aprovou, nesta terça-feira (05), duas sugestões de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), de autoria da deputada Raquel Muniz (MG), voltadas para a proteção e saúde da mulher. A deputada solicita a implementação e aperfeiçoamento de serviços especializados ao atendimento às mulheres em situação de violência, além da adequação dos serviços não especializados.

Com objetivo de aperfeiçoar os serviços já existentes, a parlamentar defende que haja recurso para realização de debates para discutir as diferentes situações de violência vividas por inúmeras mulheres brasileiras. “Além disso, temos que criar campanhas, divulgar os serviços que já são prestados e desenvolver material educativo”, frisou a parlamentar.

O fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) é a segunda sugestão de Raquel Muniz. “É necessário que tenhamos recursos para investir em instrumentos de coletas e análise de dados epidemiológicos, além de sensibilizar os profissionais da saúde para atendimento e acolhimento diferenciados. Essa é a minha proposta mais importante”, disse Raquel Muniz.

Bruna Marques

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *