Proposta de Diego Andrade beneficia caminhoneiros de todo Brasil

Diego Andrade também é coordenador da bancada mineira no Congresso (Foto: Cláudio Araújo)

O líder do PSD na Câmara, Diego Andrade (MG), protocolou nesta quarta-feira (18) uma proposta que beneficia o setor de transporte rodoviário de cargas do país (PL 709/20). O texto pede que seja aplicada de forma permanente a contribuição previdenciária de empresas com alíquota de 1,5% sobre a receita bruta, em substituição aos 20% sobre a folha de pagamento.

“O Brasil é dependente do transporte rodoviário de cargas. 61% da produção escoa por estradas, enquanto somente 20% por ferrovias. Para se ter uma ideia, somente nos últimos oito anos são quase um milhão de novos caminhões licenciados em todo o país”, lembrou Andrade.

O parlamentar ressaltou ainda que o setor de transporte rodoviário de cargas pode ser drasticamente afetado com o fim da vigência de uma medida que garante a alíquota de contribuição em 1,5%.

“Esse aumento de custos será repassado pelas cadeias de produção, fazendo com que o consumidor final seja o grande prejudicado com a escalada de preços dos produtos. Em ambiente de choque internacional do petróleo, quedas nas bolsas pelo mundo, coronavírus diminuindo o comércio global, possível aumento no custo de transporte de mercadorias levaria a mais problemas para o país e para o cidadão”, afirmou Diego Andrade.

Renan Bortoletto

Assuntos:

1 Comentário

  1. , João Vilela Costa

    Vc Dep Diego, campeão em todos aspectos e sentidos. Me surpreende cada dia mais. Sua atuação no congresso nacional, é nota mil, em todos aspectos e sentidos. Parabéns por preocupar e ajudar essa classe, dos caminhoneiros que move nosso país. Vc é um parlamentar especial e diferenciado. Por isso que eu digo e afirmo que vc não é o bom, mas simplesmente o MELHOR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *