Profissionais de saúde que atuam no combate à Covid-19 terão 50% de desconto no Fies

Segue para sanção presidencial o Projeto de Lei 1079/20 aprovado pela Câmara com o apoio do PSD que regulamenta a suspensão temporária do pagamento do Financiamento Estudantil (Fies) enquanto durar o decreto de calamidade pública, em vigor até dezembro deste ano. A medida também inclui médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde com seis meses de trabalho no atendimento a infectados pela Covid-19.

Esse abatimento já era previsto pela legislação, mas atendia apenas médicos integrantes de equipe de saúde da família; médico militar das Forças Armadas com atuação em áreas e regiões com carência e dificuldade de retenção desse profissional; e professores graduados em licenciatura em exercício na rede pública de educação básica.

Além disso, a medida também prevê a revogação dos contratos antigos permitindo que os estudantes sejam beneficiados com descontos de até 100% dos juros para pagamento do saldo devedor em parcela única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *