Pessedistas defendem mídia positiva do Brasil no exterior para alavancar turismo

Deputados Sérgio Brito (BA) e Herculano Passos (SP) - Foto: Cláudio Araújo

Deputados Sérgio Brito (BA) e Herculano Passos (SP) – Foto: Cláudio Araújo

Para debater a produção de mídia positiva do Brasil no exterior, parlamentares e representantes de entidades do setor, participaram nesta quarta-feira (1º), de audiência pública na Câmara. O presidente da Comissão de Turismo, Herculano Passos (SP), lembrou que o país vive um momento único e mesmo com a proximidade das Olimpíadas é fundamental investir em mídia positiva antes e após o evento internacional. “Precisamos, urgentemente, melhorar nossa comunicação com o mundo, para que possamos colher merecidos frutos ao nosso turismo”, disse o deputado.

O deputado Sergio Brito (BA) também participou da audiência e destacou que o potencial turístico do Brasil é maior do que o de vários outros países latinos e merece mais investimentos em divulgação. “Precisamos de mais recursos para divulgar o país e devemos estudar a possibilidade de destinação de emendas para fomentar a divulgação do nosso país.”

O presidente substituto da Embratur, José Antônio Parente, concordou que o fato do Brasil sediar grandes eventos esportivos deixa o país em voga, mas alertou para a necessidade de ampliar investimentos na divulgação do turismo brasileiro no exterior. “É necessário tratar o gasto com mídia positiva como investimento porque o turismo movimenta 52 setores da economia e traz retorno muito rápido ao PIB.”

De acordo com o diretor de relações institucionais da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Airton Nogueira Pereira, o setor aeroviário do país teve retração por conta da crise e precisa melhorar para aumentar a venda de passagens. “Para que o processo de divulgação do Brasil no exterior possa ter sucesso é preciso ver as variáveis, como a melhora no setor aéreo brasileiro. Não adianta promover o país e não ter voos suficientes para atender a demanda.”

Para o diretor de Assuntos Legais da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Cristiano Lobato Flores, a área da comunicação impacta diretamente na decisão do turista na hora de viajar. “Qualquer desastre natural ou crise que esteja ocorrendo em determinado país, influencia diretamente na tomada de decisão do turista. Por esse motivo, o setor de radiodifusão precisa ser repensados e direcionados não para os brasileiros no exterior, mas para os estrangeiros. Novelas e filmes contribuem bastante para mostrar as belezas naturais no Brasil e por isso esses produtos merecem atenção.”

Diane Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *