Expedito Netto pede suspensão de cobrança do FIES durante quarentena

Deputado federal Expedito Netto; (Foto: Cláudio Araújo)

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um programa destinado a financiar o ensino superior de alunos de universidades particulares. Quem adere, fecha contrato de financiado pela Caixa e após o término da graduação precisa pagar as parcelas financiadas. Para o deputado Expedito Netto (RO), essa situação precisa ser avaliada durante este momento de crise causado pelo novo coronavírus.

“Enviei um ofício ao Ministério da Educação solicitando a suspensão imediata de todas as cobranças dos alunos do FIES. Também fiz uma chamada de videoconferência com o diretor de gestão de fundos e benefícios do MEC, Luiz Tadeu Vilela Blumm, que me disse que o ministério está trabalhando para atender o meu pedido”, ressaltou o deputado.

Durante a conferência pela internet, Expedito Netto assegurou que o ministério vai acionar o Legislativo para aprovar as medidas cabíveis. “O diretor do Ministério da Educação reforçou meu pedido e disse que o MEC vai construir uma medida provisória junto ao Ministério da Economia para socorrer esses estudantes.”

Uma vez elaborado, o texto segue para análise do Congresso Nacional. “Espero que isso se torne uma realidade o quanto antes e vou cobrar para que saia do papel. Permaneço vigilante e lutando na defesa do interesse de milhares de estudantes brasileiros”, finaliza Expedito Netto.

Diane Lourenço

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *