Edilázio Junior é relator da comissão que discute mudanças climáticas

O deputado federal Edilázio Junior (MA) foi escolhido na tarde desta quarta-feira (28) o relator da Comissão Mista das Mudanças Climáticas (CMMC). Em entrevista à imprensa, o parlamentar disse que já na próxima semana será apresentado um plano de trabalho e que a comissão não pretende esperar o término das discussões para mostrar saídas para a crise na região. “O Legislativo pode ter um papel protagonista. Vamos sugerir ações e propor mudanças para a situação atual da nossa floresta”, disse.

Composta por 11 senadores, 11 deputados e 11 suplentes, a CMMC atua com as missões de acompanhar, monitorar e fiscalizar as ações referentes às mudanças climáticas no Brasil. Os focos  são as queimadas na Amazônia e seus impactos no Brasil e no mundo.

A crise na Floresta Amazônica começou no início deste mês de agosto. Nesse período, foi registrado um aumento no foco de queimadas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O órgão informou que esse aumento ocorreu principalmente em reservas florestais no Pará, nas cidades de Novo Progresso, Altamira e São Félix do Xingu.

Esse crescente número de focos de queimadas na Amazônia colocou em alerta máximo a sociedade brasileira e internacional. Gerou controvérsias entre representantes de diferentes países, que se uniram para resolver o problema.

Amazônia Legal
Dá-se o nome de Amazônia Legal a uma área de 5.217.423 km2, que corresponde a 61% do território brasileiro e engloba nove estados brasileiros. O Inpe apresentou dados apontando os estados que mais sofreram desmatamento neste ano, até dia 19 de agosto. Na ordem: Mato Grosso, Pará, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Maranhão, Roraima, Acre e Amapá.

Manu Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *