Domingos Neto entra para a galeria de líderes do PSD

O deputado Domingos Neto (CE) entrou para a galeria dos líderes do partido na Câmara. O pessedista conduziu a bancada em 2018 e teve sua foto descerrada ao lado de parlamentares que já exerceram a função desde a fundação da sigla, em 2011. Aos 30 anos e eleito para o terceiro mandato, Domingos Neto já ocupou o cargo de líder por três oportunidades em diferentes partidos.

Domingos Neto descerra placa de líder do PSD ao lado da esposa Lívia Aguiar e do filho. Foto: Cláudio Araújo.

“Encontrei no PSD mais que um partido. Encontrei confiança, refúgio e amparo. É com certeza o momento mais importante da minha carreira política. Me empenhei para defender a pauta de cada parlamentar nosso, de cada projeto pautado que visasse benefícios para a população brasileira”, disse o deputado.

Para 2019, o cargo de líder do partido será ocupado por André de Paula (PE). “Aprendi muito com o Domingos pela sua capacidade de trabalho, a forma como serviu e defendeu seus companheiros de bancada. Tenho 30 anos de vida pública, mas sempre direi que foi um prazer ser liderado por ele.”

Presente ao ato, Gilberto Kassab elogiou a postura de Domingos Neto. “Nós sabíamos que ele faria uma grande gestão à frente do PSD. Sempre presenciamos suas qualidades de líder e a capacidade de realizar tarefas em benefício coletivo. Já é um líder no seu estado e tenho certeza de que isso só aumentará”, ressalta.

Desde que foi fundado, em 2011, o PSD já teve seis líderes de partido: Guilherme Campos (SP), Eduardo Sciarra (PR), Moreira Mendes (RO), Rogério Rosso (DF), Marcos Montes (MG) e Domingos Neto (CE). André de Paula é o sétimo parlamentar a liderar a bancada na Câmara.

Renan Bortoletto

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *