CPI do DPVAT solicitará documentos da operação Tempo de Despertar da PF

Na sessão desta quarta-feira (6), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga fraudes na utilização de recursos do seguro DPVAT, aprovou requerimento da deputada Raquel Muniz (MG), vice-presidente do colegiado, para que sejam solicitados ao Ministério da Justiça cópias dos documentos oriundos da operação Tempo de Despertar, da Policia Federal (PF).

De acordo com a parlamentar, a operação da PF tem cumprido mandados judiciais de prisão, busca e apreensão, afastamento de cargo público e sequestro de bens de envolvidos em casos corrupção relacionados ao seguro.  A Policia estima, segundo a deputada, que as fraudes no DPVAT podem chegar a R$ 28 milhões só nos estados da Bahia, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Raquel Muniz acrescentou ainda, na justificativa ao requerimento, que 39 pessoas já foram presas, incluindo delegados e agentes da Polícia Civil, advogados, médicos e empresários.

Demétrius Crispim

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *