Comissão do Esporte aprova visita técnica a instalações de clubes de futebol

Uma delegação composta por parlamentares que integram a Comissão do Esporte (CESPO) da Câmara vai visitar as instalações de clubes de futebol no país. O objetivo principal é verificar a condição dos alojamentos que abrigam jovens promissores e evitar tragédias como a ocorrida no Ninho do Urubu, o Centro de Treinamento do Flamengo.

A visita in loco constava em requerimento  de autoria do presidente da comissão, deputado Fábio Mitidieri (SE). Serão visitados os centros de treinamento do Avaí Futebol Clube, Clube Atlético Paranaense, Clube Atlético Mineiro, Cruzeiro Esporte Clube e o Goiás Esporte Clube.

Deputado Fábio Mitidieri (SE). Foto: Cláudio Araújo.

“Precisamos ter um panorama mais amplo de como está a infraestrutura desses clubes que formam jogadores. As visitas nos darão este subsídio e vai servir para que entendamos melhor a realidade do futebol no país”, explicou Mitidieri.

A comissão também aprovou outro requerimento do parlamentar para que uma comitiva faça visita ao Parque Olímpico da Barra e ao Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, para acompanhar o desenvolvimento do legado olímpico. No mesmo dia, os parlamentares devem também visitar as instalações dos principais clubes do futebol carioca.

Mitidieri e Danrlei se reúnem com secretário do Esporte

Fábio Mitidieri e Danrlei de Deus (RS) se reuniram na manhã desta quarta-feira (20) com o secretário especial do Esporte, general Marco Aurélio. Na pauta, assuntos ligados ao futebol e o esporte como ferramenta educacional.

Os parlamentares defenderam medidas que deixariam o futebol ‘menos amador’. Já com relação ao esporte como peça-chave na formação educacional, Danrlei demonstrou preocupação com a falta de infraestrutura nas escolas públicas.

Deputado federal Danrlei de Deus (RS). Foto: Cláudio Araújo.

“As prefeituras não têm dinheiro para colocar um professor e muitas vezes deixam apenas um monitor. É preciso método, objetivo, e não simplesmente dar uma bola e deixar as crianças lá jogando.”

Renan Bortoletto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *