Câmara adia calendário das eleições municipais

O Plenário da Câmara optou por adiar o calendário das eleições municipais deste ano em virtude da pandemia do coronavírus. Inicialmente previsto para os dias 4 e 25 de outubro (1º e 2º turno, respectivamente), o pleito será decidido nos dias 15 e 29 de novembro. Ainda faltam votar os destaques.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 18/20) veio do Senado Federal e não teve alterações na Câmara. Se assim permanecer, vai direto para promulgação. O líder do PSD, deputado Diego Andrade (MG), falou pela bancada e defendeu os novos prazos para evitar a aglomeração de eleitores durante a escolha dos representantes municipais.

“Sabemos que em primeiro lugar vem a vida. Precisamos de atenção ao momento. Julho, agosto e o princípio de setembro registram historicamente um período de agravo de doenças como a gripe, lotando hospitais. Não podemos aglomerar”, pontuou.

O texto também estabelece novas datas para todo o processo eleitoral como registro de candidaturas e período para propaganda eleitoral. Confira abaixo:

Renan Bortoletto

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *