Aprovado em comissão projeto que define investimentos de recursos do FGTS

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou, nesta terça-feira (13), substitutivo ao Projeto de Lei (PL) 8015/14 de autoria do deputado Irajá Abreu (TO) que prevê que os recursos do Fundo de Investimento do FGTS, o FI-FGTS,   sejam investidos também em empreendimentos nos setores de transporte e energia, além das destinações em saúde, saneamento e habitação.

O texto original de Irajá Abreu previa a restrição da aplicação dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) apenas às áreas de saúde, saneamento, habitação e infraestrutura. “A intenção era qualificar o uso do FGTS, que nada mais é do que uma poupança para muitos brasileiros. A medida criaria uma blindagem para que esses recursos pudessem ser utilizados em áreas realmente essenciais”, disse Irajá.

Concluída a apreciação da matéria pelas comissões, ela segue para votação pelo Plenário.

Demétrius Crispim

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *