Plenário aprova pena mais severa para quem vazar vídeo íntimo na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *