Governo empenha R$ 15,6 milhões para ampliação da Arena Condá

O Ministério dos Esportes anunciou esta semana o empenho no valor de R$ 15,6 milhões que serão utilizados para a expansão da Arena Condá, o estádio da Chapecoense. O Deputado João Rodrigues (SC) esteve nesta terça-feira (19) com o Ministro Leonardo Picciani (PMDB), que confirmou a liberação dos recursos.

“É uma ótima notícia para Chapecó (SC) e todos que aguardavam a liberação. Agora daremos início ao processo burocrático que vai desde a apresentação do projeto à prefeitura e posteriormente a licitação da obra”, disse o parlamentar catarinense.

Deputado João Rodrigues (ao centro, de gravata listrada) garantiu recursos com Deputados do partido e Presidente Michel Temer para ampliação da Arena Condá. Na foto, da esquerda para a direita, Deputados Thiago Peixoto, Marcos Montes, Líder da bancada; e João Rodrigues; Raimundo Colombo (PSD), Governador de Santa Catarina; Luciano Buligon, Prefeito de Chapecó e o Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República Antônio Imbassahy – Foto: Alan Santos/PR

Com o dinheiro, também será possível construir um museu em homenagem ao clube Chapecoense e à cidade. Os R$ 15,6 milhões são fruto de emendas parlamentares de Deputados da bancada do PSD. João Rodrigues direcionou R$ 2 milhões para a ampliação da arena.

Estádio abrigará 30 mil torcedores e deve ser concluído até o final de 2018

Atualmente, a Arena Condá tem capacidade para abrigar cerca de 20 mil torcedores. Com a reforma, estima-se que pelo menos 30 mil espectadores possam acompanhar os jogos no estádio. A reforma, que se inicia nos próximos meses, deve ser concluída até o final de 2018.

Desde a tragédia com o avião que levava o time de futebol da Chapecoense o Deputado João Rodrigues (SC) trabalha para que este projeto saia do papel. “Nosso estádio é um ponto turístico. É uma obra importante para nossa sociedade. Muito obrigado à bancada do PSD, ao governo Michel Temer e ao ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, por apoiarem um projeto tão importante”.

Desastre com avião da Chapecoense deixou 71 vítimas

Torcedores prestaram homenagem aos atletas, dirigentes e jornalistas que morreram no acidente Foto: Francisco Medeiros/ME

No dia 29 de novembro de 2016 o avião que levava atletas, dirigentes da Associação Chapeconse de Futebol e profissionais da imprensa esportiva nacional caiu na Colômbia. Um velório coletivo foi realizado em homenagem às vítimas na Arena Condá, com a presença do Presidente da República, Michel Temer, e milhares de torcedores e familiares.

O time da cidade de Chapecó (SC), disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o colombiano Atlético Nacional. O acidente deixou 71 vítimas: 19 jogadores, 20 jornalistas, 14 integrantes da comissão técnica, nove dirigentes, dois convidados e sete tripulantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *