Goulart homenageia lotéricos e lança frente parlamentar em defesa da categoria

Deputado Goulart (SP) - Foto: Cláudio Araújo

Deputado Goulart (SP) – Foto: Cláudio Araújo

Uma sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados, proposta pelo pessedista Goulart (SP), nesta quinta-feira (1), homenageou os lotéricos de todo o Brasil. Na ocasião, representantes da categoria e profissionais de vários estados puderam acompanhar o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Lotéricos.

Goulart lembrou da sanção da Lei 13.177/15, de sua autoria, publicada no final do ano passado. Com a legislação, foram prorrogadas por mais 20 anos as permissões das lotéricas concedidas antes de 15 de outubro de 2013, quando entrou em vigor o regime de licitação para esse tipo de serviço.

“Os lotéricos terão na Câmara dos Deputados e no Senado um apoio muito forte. Nós queremos corrigir as injustiças, fazer com que a Caixa Econômica Federal reconheça os lotéricos como parceiros. Estou orgulhoso e muito feliz de ser o presidente dessa frente parlamentar, que vai acompanhar cada uma das negociações”, assegurou Goulart.

Para o presidente da Federação Brasileira dos Lotéricos (Febralote), Jodismar Amaro, a categoria está bem representada. “É fundamental a representação no Congresso Nacional e nós temos encontrado um grande apoio aqui dentro. A Federação está se organizando regionalmente e pretendemos procurar nossos parlamentares de cada região para trazer para dentro da frente parlamentar.”

A diretora de comunicação da Associação dos Lotéricos do Estado de São Paulo (ALSPI), Adriana Domingues, destacou ser preciso observar as peculiaridades da categoria nas regiões. “Nós somos uma rede com 13 mil lotéricos com discrepâncias em cada estado, então, nós esperamos que essa frente parlamentar venha nos ajudar a solucionar os nossos problemas”.

O delegado sindical do Sindicato dos Lotéricos de São Paulo (Sincoesp), Edson Ferreira, parabenizou a iniciativa da sessão solene e reforçou a importância da frente parlamentar. “Nos temos vários problemas que precisam ser tratados e que passam pela segurança, a defasagem de tarifas, o marco regulatório, que deverá trazer novos jogos, e também a privatização de novas loterias. Então é hora de discutirmos como serão as reformas para a categoria”.

A Frente Parlamentar terá um representante em cada coordenação estadual da categoria. Cerca de 237 deputados já aderiram à Frente. O líder do PSD, deputado Rogério Rosso (DF), integra a lista.

Diane Lourenço

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *