Francisco Jr anuncia estudos sobre Cidades Inteligentes no CEDES

Membro titular do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (CEDES), o Deputado Federal Francisco Jr (PSD-GO) participou da segunda reunião do colegiado, em que foram definidos os cinco temas prioritários. Por sugestão do parlamentar foi escolhido o tema cidades inteligentes, e Francisco Jr deve ser definido como relator.

Deputado Francisco Junior (GO). Foto: Cláudio Araújo

Na primeira reunião, ocorrida no dia 29/5, foram apresentadas pelos parlamentares membros 12 sugestões nas seguintes áreas: saúde, dívida pública, cidades inteligentes, energia, políticas indigenistas, simplificação de documentos e educação, sendo está última a que recebeu mais propostas.

Foram selecionados cinco temas prioritários, de acordo com o regimento do Cedes: Energia, Educação, Dívida Pública, Saúde e Cidades Inteligentes.

Durante o período de produção do estudo, poderão ser realizados eventos como seminários e audiências públicas e participação em feiras e congressos técnico-científicos, com a promoção de debates entre pesquisadores, especialistas e representantes da sociedade civil e de setores interessados, a fim de colher subsídios para a elaboração de uma proposição legislativa.

O que é o Cedes?

O Centro de Estudos e Debates Estratégicos é um órgão técnico-consultivo da Câmara dos Deputados dedicado à análise, discussão e prospecção de temas de caráter inovador ou com potencial de transformar as realidades econômicas, política e social do nosso país. O Colegiado é composto por 23 parlamentares, os quais têm a atribuição de propor uma agenda de atividades e conduzir estudos estratégicos para o Brasil, desenvolvidos com o apoio da Consultoria Legislativa.

Como resultado do trabalho, são produzidos e publicados documentos de alta densidade crítica e especialização técnica ou científica, que trazem apensados Projetos de Lei e/ou indicações para o Poder Executivo. Desde sua instalação em 2003 (à época como Conselho de Altos Estudos), já foram publicados 27 estudos, muitos dos quais já transformados em lei ou incorporados pelos governantes como Biodiesel, TV Digital, Políticas Públicas para Banda Larga e Pré- Sal.

Da assessoria de comunicação do deputado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *