Deputados do PSD questionam ministro da Educação sobre cortes na pasta

Nesta quarta-feira (15), deputados federais do PSD questionaram o ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre os cortes na área. Domingos Neto (CE), Otto Alencar Filho (BA) e Haroldo Cathedral (RR) reiteraram que cortes na educação não são o caminho para o desenvolvimento do país.

Deputado Otto Alencar Filho (BA). Foto: Cláudio Araújo.

Otto Alencar defendeu o diálogo como caminho para resolver a situação. “Vamos ver o orçamento. Vamos conversar sobre gestão pública. O que não podemos aceitar são esses cortes”, destacou.

Deputado Domingos Neto (CE). Foto: Cláudio Araújo.

Já Domingos Neto lembrou que as instituições públicas de ensino são fundamentais para a educação dos jovens e lembrou, também, que em algumas, mais de 40% dos recursos serão cortados. “Vários dos nossos municípios, inclusive o meu, teve um instituto federal que hoje presta um importante serviço para os jovens da nossa região prejudicado com o corte”, destacou.

Domingos Neto questionou o ministro sobre o suposto telefonema que o presidente Bolsonaro teria feito ontem. “Precisamos saber se é verdade que o presidente tinha a intenção de não fazer esse corte. Ficamos esperançosos, mas rapidamente isso foi desmentido”, finalizou.

Deputado Haroldo Cathedral (RR). Foto: Cláudio Araújo

Haroldo Cathedral lembrou que o Brasil é um dos países com um dos menores investimentos em educação básica. “Como o senhor pretende atuar para inverter esse quadro e equilibrar a prioridade nos investimentos na educação da primeira infância? Quais os instrumentos que serão utilizados para melhorar o controle social e a boa governança na gestão de recursos do Ministério da Educação?”, questionou o parlamentar.

Liderança do PSD na Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *