Artigos

Junji Abe – Nippak e Nikkey: 15 anos de credibilidade


A força da comunidade nipo-brasileira está umbilicalmente ligada à eficiência da mídia especializada que atende este público, atualmente estimado em cerca de 1,5 milhão de pessoas no país. De 250 mil a 300 mil brasileiros, descendentes de japoneses, vivem no Japão. Digo, com toda certeza, que os nipo-brasileiros, daqui e de lá, estão muito bem servidos. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: Coiotes do tráfico


Embalados pelo sonho de um Brasil que não existe, milhares de estrangeiros – bolivianos, coreanos, chineses e haitianos, entre outros – reúnem suas economias e entregam nas mãos de coiotes, os agenciadores de imigrantes, na vã expectativa de encontrar emprego fácil, com boa remuneração, capaz de lhes garantir um lar para trazer a família. Já no trajeto, percebem que o conto de fadas virou um interminável pesadelo. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: Veículos para pessoas especiais


No mês em que se comemora o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21 de setembro) e numa era em que tanto se clama por mobilidade urbana, chamo atenção para lacunas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que tentamos preencher com o Projeto de Lei 3709/12. A proposta normatiza a circulação de triciclos e quadriciclos especiais nas vias públicas e estabelece obrigatoriedade de oferta de curso de formação de condutores por órgãos públicos. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Moreira Mendes: Leniência e descaso


O governo tem tratado com leniência e descaso a necessária e esperada mudança das regras para a demarcação de terras indígenas. As últimas promessas que sinalizam o compromisso com os produtores rurais ficaram apenas no discurso oficial, sem sair efetivamente do papel. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Walter Ihoshi: Fechamento das Apaes, um verdadeiro retrocesso


Os protestos realizados nas últimas semanas pelas Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de todo o país têm surtido efeito. Nesta quarta-feira (25), a Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal aprovou o novo relatório sobre o Plano Nacional de Educação (PNE), superando o impasse em torno da Meta 4 do texto. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: Multa vira imposto extra


Apesar dos nossos esforços para garantir a extinção da multa adicional de 10% sobre o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), paga à União, no caso de demissão sem justa causa, fomos derrotados pelo rolo compressor do governo, que arregimentou seus asseclas para manter o veto total ao Projeto de Lei Complementar (PLP) 200/12. Na prática, oficializou o imposto extra incidente sobre os setores produtivos, sacrificados com uma cobrança que não chega ao bolso do trabalhador e serve apenas inchar a já pesada carga tributária nacional.  Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: Multa pró-consumidor


Por mais que as relações de consumo tenham evoluído nas últimas décadas e que o consumidor disponha de legislação específica em sua defesa, não são raras situações lesivas ainda vigentes no mercado. Senão, como explicar as ofertas de produtos com data de validade vencida? Um comprador menos cuidadoso pode levar para casa um artigo que comprometa sua saúde e a de sua família. Leia mais


Em | 1 COMENTÁRIO

Eduardo Sciarra: Pelo fim da multa do FGTS


Está prevista para amanhã, 17, a votação do veto presidencial à proposta que determina o fim da cobrança da multa de 10% sobre o FGTS em casos de demissões sem justa causa. De acordo com o PLP 200/12, a multa será extinta retroativamente a junho de 2013. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Walter Ihoshi: Vitória da determinação


Milhares de pessoas se surpreenderam ao ouvir, no último sábado (07), o anúncio de que Tóquio vencera, de Istambul e Madri, a disputa para sediar as Olimpíadas 2020. A recente descoberta do vazamento de alta radioatividade na usina nuclear de Fukushima, a 250 km da capital japonesa, colocava em xeque a escolha dessa cidade. Por conta desse fato, alguns, inclusive, davam ao Japão a competição como perdida. Mas Tóquio venceu com folga. Sorte? Não. Preparo. Leia mais


Em | Nenhum comentário

Junji Abe: Fim dos “pancadões” no País


Com que direito alguém estaciona seu carro na rua, praça ou área particular, com o som ligado no último volume – e potencializado por caixas – para fazer bailão a céu aberto? Pior. Atraídos pela música estridente, adolescentes e jovens, na maioria, transformam o espaço numa espécie de zona franca para o consumo de bebidas alcoólicas, uso de drogas e todo tipo de prática ilegal. Se isto tudo é permitido, onde fica o direito dos vizinhos ao sossego, a uma noite de sono tranquilo após o longo dia de trabalho que se repetirá no dia seguinte? Leia mais


Em | 1 COMENTÁRIO